Paulo Afonso-BA: Vacinação contra a covid-19 é retomada para idosos a partir de 80 anos

A vacinação da primeira dose contra a covid-19 foi retomada nesta segunda-feira (1º), em Paulo Afonso. O público alvo é composto pelos idosos a partir de 80 anos e profissionais área de saúde.

A imunização para os idosos está sendo realizada no estacionamento do Ginásio Luís Eduardo Magalhães, no Centro, e na Praça Ceu, no BTN, antigo campo do Flamengo, das 7h30 às 13h. A equipe de Saúde dividiu o espaço para os que foram até o local de carro e outro para aqueles que foram a pé. Já a vacinação dos profissionais foi realizada nas unidades de saúde que trabalham.

“O serviço de imunização domiciliar para os acamados também está sendo realizado, as equipes de saúde estão indo até a residência desses idosos. Pedimos que os familiares e responsáveis aguardem em suas casas. O horário das visitas é de segunda a sexta, das 7h às 11h e das 13h às 17h”, orientou o secretário de Saúde Adonel Júnior.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o município recebeu 850 doses de vacinas, sendo 15% delas voltada para os profissionais de saúde, e as demais serão para os idosos na faixa etária acima de 80 anos. A programação e a escolha dos grupos acontecem de acordo com o que o Governo do Estado determina e conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI).

“Todos estamos ansiosos para tomar a vacina, mas precisamos ter calma que aos poucos vai chegando a vez de cada um. Hoje e amanhã estamos nos drive-thrus realizando a primeira dose de imunização nos idosos acima de 80 anos. Essa vacina tem um prazo mais longo, então a segunda dose para este grupo que está sendo vacinado hoje, está prevista para o dia 25 de maio” explicou a coordenadora da Imunização, Damaris Lopes.

Ainda de acordo com a coordenadora, os idosos acima de 80 anos que tomaram a primeira dose nos dias 02, 03 e 04 de fevereiro irão tomar a segunda dose nos dias 04 e 05 de março.

“Eu acredito que a gente deve seguir a ciência, e que realmente essa vacina funciona. Do jeito que está essa doença, não podemos brincar, temos que ter todos os cuidados e continuar nos prevenindo. Ou a gente toma a vacina ou não vamos vencer essa pandemia”, concluiu o senhor Ivan Caetano da Silva, após tomar sua primeira dose de imunização contra a covid-19.

Reginaldo Correia levou a sua mãe, Maria Orga, para ser imunizada. “É um momento muito importante para ela e para todos nós. Essa vacina traz uma sensação de alívio. Agradeço todo o atendimento da equipe, e que em breve toda a população possa ser vacinada”.